Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

Sirlene Luiza Pitassi

Mensagem por Sirlene Luiza Pitassi em Seg Dez 14, 2015 12:34 am

O objetivo é unificar a Educação Básica do país. 60% dos conteúdos currículares serão comuns em todo país, cabendo a cada rede, cada RESPONSÀVEL pelo processo de ensino aprendizagem adequar os demais 40% à realidade local e aos objetivos propostos no PPP. Creio que desse modo, a educação se tornará um instrumento de redução das desigualdades.

Sirlene Luiza Pitassi

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Maria Aparecida Lustosa em Seg Dez 14, 2015 2:09 am

Vejo a proposta como uma preocupação em fazer valer  de verdade o direito a uma educação de qualidade a todos. Acredito que será muito válida porque além de definir o que realmente é necessário ensinar, ainda dará a oportunidade dos docentes participarem da elaboração dessas diretrizes podendo assim ajudar a definir aquilo que realmente irá fazer a diferença na aquisição de conhecimentos dos alunos. Se a BNCC realmente for aprovada e implantada é possível que o processo ensino/aprendizagem consiga melhorar os resultados e consequentemente dar mais ânimo aos docentes e mais vontade de aprender aos nossos discentes que atualmente têm estado tão dispersos.

Maria Aparecida Lustosa

Mensagens : 3
Data de inscrição : 11/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Comentando as opiniões das professoras de Educação Infantil

Mensagem por Maristela C. Paredes em Seg Dez 14, 2015 11:35 am

Professoras da Educação Infantil,colegas de trabalho, foram pertinentes as opiniões de vocês aqui citadas sobre a BNCC, pensamos que sendo a educação infantil um campo em constante reflexão e reconstrução, de conquista na legislação brasileira, o desafio a enfrentar é a definição de qual é a infância a que reporta-se aqui, quais as instituições e as culturas que foram produzidas, geradas nesses caminhos e, sobretudo, do(a) professor(a) de crianças pequenas, seus saberes e identidades. Pretende-se com isso indicar a melhoria da qualidade do atendimento oferecido às crianças brasileiras, especialmente as alemparaibanas, em instituições de educação infantil, melhoria que incide diretamente sobre a qualificação do profissional para que este, por meio de um currículo/proposta pedagógica, faça valer o direito social e humano das crianças de serem educadas e cuidadas e, assim, de viverem plenamente a infância.
Seria muito importante, que vocês que atuam na sala de aula, opinassem sobre o como ou quais seriam as sugestões de objetivos específicos dentro da área de conhecimento em cada faixa etária( maternal, 1º e 2º período)com a experiência de vocês, acredito que podemos acrescentar muito na BNCC, ou seja, para Educação Infantil do Brasil.

Maristela C. Paredes

Mensagens : 2
Data de inscrição : 09/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Débora Cristina em Seg Dez 14, 2015 12:04 pm

A proposta da BNCC é desafiadora, porém cabe aos professores escolherem os melhores caminhos a seguir ( RESPEITANDO O LIMITE DE CADA ALUNO).
Considero importantíssimo a base; pois é nesta fase que temos que ter extremo cuidado; compreendendo como ajudar o outro a se desenvolver como ser humano. O cuidado precisa considerar, principalmente, as necessidades das crianças, que quando observadas, ouvidas e respeitadas, podem dar pistas importantes sobre a qualidade do que estão recebendo. Embora sejam necessários conhecimentos em várias áreas, também exigem habilidades e instrumentos que extrapolam a dimensão pedagógica.
avatar
Débora Cristina

Mensagens : 7
Data de inscrição : 11/12/2015
Idade : 47
Localização : Além Paraíba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Karina Araújo Ferreira em Seg Dez 14, 2015 12:20 pm

Com base nas propostas da rede e do Projeto Político Pedagógico, até que acredito que a BNCC reunindo os direitos e objetivos de aprendizagem poderão trazer a tão sonhada igualdade, liberdade e harmonia que são valores relevantes para o bem-estar e desenvolvimento da educação que tanto almejamos. Porque é na realidade de cada um, no respeito as diferenças que prevalece a igualdade!!


Karina Araújo Ferreira

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por vanusarocha em Seg Dez 14, 2015 12:35 pm

Há mais de 20 anos a Base Nacional Comum, vem se constituindo com um forte sentido estratégico nas ações de todos os educadores, gestores de educação no Brasil e mesmo da sociedade brasileira. Tanto que, já aparece nas discussões e debates das Constituintes, garantida no artigo 210 da Constituição de 1988. Mais tarde, em 1996, também é garantida no artigo 26 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.
Em 1997/1998 surgem as Diretrizes Curriculares Nacionais que se constituíram como a base efetivamente detalhada inspiradora e organizadora da Base Nacional Comum.
No ano 2000 surgiram os Parâmetros Curriculares Nacionais. Entre 2008 e 2010 tivemos o Programa Currículo em Movimento, que buscava melhorar a qualidade da educação através do desenvolvimento do currículo
Mais recentemente, outros documentos importantes para a educação nacional, cujos debates envolveram a participação da sociedade como um todo, de todos os setores: tivemos, em 2010 e 2014 a Conferência Nacional da Educação (CONAE); em 14 dezembro de 2010, a Resolução nº 7, fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 anos, seguida pela Resolução n° 02 de 30 de janeiro de 2012, que fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Também foi criado nesse ano o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) e em 22 de novembro de 2013, a Portaria 1140 institui o Pacto Nacional de Fortalecimento do Ensino Médio (PNFEM).
Em 2014 é sancionado o Plano Nacional de Educação (PNE) que garantiu a Base Nacional Comum em diversas metas e estratégias (Metas 1, 2, 3 e 7 e estratégias 1.9, 2.1, 3.2 e 7.1) e em 2015, os Planos Estaduais e Municipais de Educação (PEE e PME).
Além disso, em atendimento ao Plano Nacional de Educação e em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica, a Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação deu continuidade ao processo de elaboração dessa Base Nacional Comum Curricular, formando equipes que trabalharam e apresentaram à sociedade essa versão inicial, para amplo debate, do que poderá ser a Base Nacional Comum, que até o dia 15 de dezembro, está sendo submetida a ampla consulta pública, para posterior submissão ao Conselho Nacional de Educação. Isso mostra um entendimento de que para construirmos a melhor Base possível, será necessária a participação de todos os que queiram se pronunciar sobre qual é a melhor formação de nossos jovens.
Desse modo, entendemos que com certeza, na BNCC serão oferecidas oportunidades de aprendizagem que garantam o direito à Educação igualitária, de qualidade e conectada nos anseios da sociedade.
Quanto aos Direitos de aprendizagem referentes à Educação Infantil, o documento inicial busca reafirmar e respeitar a concepção que a Educação Infantil do país vem construindo há décadas, que busca romper com dois modos de atendimento que deixaram fortes marcas na Ed. Infantil no país: o assistencialista, que desconsidera a especificidade educativa das crianças e o escolarizante, que se orienta, equivocadamente, por práticas do Ensino Fundamental.
Em relação aos processos pedagógicos na Educação Infantil, o documento se posiciona, partindo da concepção de que a construção de conhecimento pelas crianças nas unidades de educação infantil, urbanas e do campo efetiva-se pela sua participação em diferentes práticas cotidianas nas quais interagem com parceiros adultos e companheiros de idade. Nesse processo é importante reconhecer o modo como as crianças pequenas se relacionam com o mundo, a especificidade dos recursos que utilizam, tais como a corporeidade, a linguagem, a emoção. E também, o foco do trabalho pedagógico deve incluir a formação pela criança de uma visão plural de mundo e de um olhar que respeite as diversidades culturais, étnico-raciais, de gênero, de classe social das pessoas, apoiando as peculiaridades das crianças com deficiência, com altas habilidades/superdotação e com transtornos de desenvolvimento.
Essa concepção levam a três concepções que devem guiar o projeto pedagógico das unidades de educação infantil:
Éticos (autonomia, responsabilidade, solidariedade, respeito ao bem-comum, ao meio ambiente e às diferentes culturas, identidades e singularidades);
Políticos (direitos de cidadania, exercício da criticidade, respeito à ordem democrática);
Estéticos (sensibilidade, criatividade, ludicidade, liberdade de expressão nas diferentes manifestações artísticas e culturais).
O direito de aprendizagem deverá ser garantido através de seis princípios: conviver, brincar, participar, explorar, comunicar e conhecer-se. Esses princípios consideram as formas como as crianças aprendem, ou seja, convivendo, brincando, participando, explorando, comunicando, e conhecendo-se.
Isso só se efetivará através da criação de experiências de aprendizagem, que nada mais são que experiências concretas na vida cotidiana que levam à aprendizagem da cultura, pelo convívio no espaço coletivo, e à produção de narrativas, individuais e coletivas, por meio de diferentes linguagens. Assim, deverão ser criados campos de experiência, que são formas de organização curricular, adequadas a esse momento da educação da criança de até 6 anos.
Considero a proposta muito interessante, principalmente porque garante o debate e a inclusão das especificidades regionais. Também considero fundamental a participação do município através do envio de propostas até o dia 15 de dezembro.

vanusarocha

Mensagens : 2
Data de inscrição : 07/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Selma Antonia B. de Abreu em Seg Dez 14, 2015 12:36 pm

A unificação curricular facilitará a vida escolar do aluno permitindo a integração dos seus direitos e deveres.

Selma Antonia B. de Abreu

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Raquel Silva Barbosa

Mensagem por Raquel Silva Barbosa em Seg Dez 14, 2015 12:40 pm

Segundo a Constituição Federal, "a educação básica é direito de todos e dever do Estado..." Partindo desse princípio, cabe ao Estado juntamente com o Ministério da Educação elaborar e implantar propostas que visem um ensino de qualidade para todos sem distinção. A primeira versão da BNCC propõe que 60% dos conteúdos curriculares a serem ministrados serão unificados, ficando os demais 40% sob a responsabilidade dos estados, municípios e instituições de ensino que deverão atender as realidades regionais, bem como os objetivos propostos no Projeto Político Pedagógico de cada escola.

Raquel Silva Barbosa

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Bernardete Scotti em Seg Dez 14, 2015 1:03 pm

Pensando em toda pluralidade e individualidade da educação deve-se registrar que a participação da Comunidade Escolar é de grande importância nesta discussão. Todos devem se atentar para uma educação de qualidade visando a formação de indivíduos críticos e criativos, que é o que a sociedade precisa neste atual processo em que se encontra.

Bernardete Scotti

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conhecendo , pensando e repensando bncc

Mensagem por Ana Beatriz da Silva em Seg Dez 14, 2015 1:09 pm

Uma proposta que atendera as necessidades dos alunos, visando igualdade e realidade, para que tenhamos uma educação que todos nós professores sonhamos .

Ana Beatriz da Silva

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Daniele Oliveira dos Sant em Seg Dez 14, 2015 1:15 pm

Maristela C. Paredes escreveu:Daniele, Após  esta  visão geral da BNCC , escreva suas considerações no que diz respeito, aos direitos de aprendizagem, referentes ao ano/componente curricular   de sua atuação( objetivos e conteúdos para o 1º e 2º período ).

O posicionamento em relação aos processos pedagógicos na Educação Infantil parte da concepção de que a construção de conhecimentos pelas crianças nas unidades de Educação Infantil, urbanas e do campo, efetiva-se pela sua participação em diferentes práticas cotidianas nas quais interagem com parceiros adultos e companheiros de idade.
É importante ver o relacionamento da criança com o mundo que a cerca, ligada a vivencia pessoal, as emoções, ao lidar com o corpo, agindo diretamente na interação com o cuidar e o educar. Sendo necessário o trabalho com as interações pessoais e interpessoais e com a brincadeira no processo educacional. Outro ponto que deve ter fundamental importância é o foco do trabalho pedagógico que deve incluir a formação pela criança de uma visão plural de mundo e de um olhar que respeite as diversidades culturais, étnico-raciais, de gênero, de classe social das pessoas, apoiando as peculiaridades das crianças com deficiência, com altas habilidades/superdotação e com transtornos de desenvolvimento.
Daí que o currículo na Educação Infantil acontece na articulação dos saberes e das experiências das crianças com o conjunto de conhecimentos já sistematizados pela humanidade, ou seja, os patrimônios cultural, artístico, ambiental, científico e tecnológico (DCNEI, Art. 3º).
Essas considerações fundamentam os três princípios que devem guiar o projeto pedagógico da unidade de Educação Infantil propostos nas DCNEI (Resolução CNE/CEB 05/09, artigo 6º):
• éticos (autonomia, responsabilidade, solidariedade, respeito ao bem-comum, ao meio ambiente e às diferentes culturas, identidades e singularidades);
• políticos (direitos de cidadania, exercício da criticidade, respeito à ordem democrática);
• estéticos (sensibilidade, criatividade, ludicidade, liberdade de expressão nas diferentes manifestações artísticas e culturais).
Tais princípios embasam os temas, as metodologias e as relações que constituem o modo de gestão das turmas e das unidades e a programação dos ambientes no dia a dia da unidade de Educação Infantil.
O trabalho para os próximos anos na educação infantil no município não terá grandes mudanças, uma vez que o campo de atuação e o do trabalho para esse seguimento já seguem as normas para trabalho propostas na BNCC. Os objetivos e conteúdos são adequados e atendem as exigências estabelecidas nessa proposta.


Daniele Oliveira dos Sant

Mensagens : 2
Data de inscrição : 09/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Raquel Silva Barbosa em Seg Dez 14, 2015 1:22 pm

Concluindo, a proposta da BNCC é importantíssima, pois unificará o padrão nacional da educação, respeitando as inúmeras diversidades do nosso país. Seu sucesso dependerá do comprometimento do governo federal, bem como da participação de todos os profissionais da educação.

Raquel Silva Barbosa

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por ana paula em Seg Dez 14, 2015 1:35 pm

A BNCC propõe a unificação do ensino no país, tendo como objetivo disseminar as desigualdades. Acredito que com o comprometimento do ministério da educação, dos governos estaduais, administrações municipais e envolvimento dos profissionais da educação, estaremos a caminho de um ensino de qualidade, capaz de auxiliar no combate às desigualdades.

ana paula

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Selma Antonia B. de Abreu em Seg Dez 14, 2015 1:36 pm

SIMONE APARECIDA LIMA escreveu:A proposta da BNCC é ambiciosa e desafiadora pois engloba todo ensino básico apresentando em um texto único e obrigatório o que até hoje esteve disperso em parâmetros, diretrizes, currículos estaduais e municipais e, inclusive, em livros didáticos que, muitas vezes, serviram de guia curricular aos professores. Tal desafio pressupõe seleção, cortes e recortes de temas, escolha de abordagens, categorias e conceitos, encadeamento lógico do conteúdo que respeite a temporalidade histórica e se adeque à faixa etária e ao desenvolvimento cognitivo do aluno. O que é ensinado em um ano, deve servir de base para o ano seguinte.
A partir da BCC os professores escolherão os melhores caminhos de como ensinar e, também, quais outros elementos (a Parte Diversificada) precisam ser somados nesse processo de aprendizagem e desenvolvimento de seus alunos. Tudo isso respeitando a diversidade, as particularidades e os contextos de onde estão.

Simone, concordo com você em partes , pois discordo quando você diz que até hoje o BNCC esteve disperso em parâmetros.Já que os parâmetros sempre tiveram como proposta a unificação.

Selma Antonia B. de Abreu

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Anick Matos em Seg Dez 14, 2015 1:54 pm

Na minha opinião a Base tem objetivos mais concretos e orienta melhor o projeto pedagógico , organiza a matemática em áreas como uma proposta facilitadora,nunca para serem trabalhadas isoladamente,fazendo sempre uma relação entre os eixos.Vejo a matemática como uma área de conhecimento que permite entender a realidade,as questões cotidianas mas para isso, como todos sabemos ,o caminho é trabalhar o concreto nos primeiros anos para que depois o indivíduo seja capaz de abstrair e executar cálculos mentais.Sugiro que seja dada maior ênfase a área de tecnologia , e também esclarecer melhor a divisão dos eixos para que os objetivos da aprendizagem não se confundam com os descritores de avaliação mas sim como rumos a serem seguidos.

Anick Matos

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Bruna Oliveira Cassaro de em Seg Dez 14, 2015 4:23 pm

Acredito que o BNCC vem para inovar a concepção de educar na Educação Infantil fazendo com que a forma que as crianças aprendam seja convivendo, brincando, participando, explorando, comunicando e se conhecendo. Para que isso ocorra devem ser criadas experiências de aprendizagem, o que tornará o ensino muito mais prazeroso.

Bruna Oliveira Cassaro de

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Ana Célia Pires Ferreira em Seg Dez 14, 2015 4:42 pm

Tendo a Base Nacional comum facilitará a vida do aluno e dará a oportunidade do mesmo em relação a aprendizagem em qualquer rede que ele estiver seja Municipal, Estadual ou Particular.

Ana Célia Pires Ferreira

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Ana Célia Pires Ferreira em Seg Dez 14, 2015 4:46 pm

Bruna Oliveira Cassaro de escreveu:Acredito que o BNCC vem para inovar a concepção de educar na Educação Infantil fazendo com que a forma que as crianças aprendam seja convivendo, brincando, participando, explorando, comunicando e se conhecendo. Para que isso ocorra devem ser criadas experiências de aprendizagem, o que tornará o ensino muito mais prazeroso.




Bruna concordo com você que o objetivo da Educação ocorra através de experiências e brincadeiras, aprender e experimentar.Ana Célia

Ana Célia Pires Ferreira

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Maria candida da Silva Sa em Seg Dez 14, 2015 5:22 pm

A proposta é muito boa, mas não deixa de ser um grande desafio diante da grande população educacional e de toda pluralidade cultural existente nesse Brasil. È um grande avanço, já que as avaliações do Governo Federal, são comuns a todo território nacional

Maria candida da Silva Sa

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Adriana B Esquerdo em Seg Dez 14, 2015 5:49 pm

Com base nas propostas da rede e do Projeto Político Pedagógico, até que acredito que a BNCC reunindo os direitos e objetivos de aprendizagem poderão trazer a tão sonhada igualdade, liberdade e harmonia que são valores relevantes para o bem-estar e desenvolvimento da educação que tanto almejamos. Porque é na realidade de cada um, no respeito as diferenças que prevalece a igualdade!!

Adriana B Esquerdo

Mensagens : 3
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conhecendo,pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Deise Lúcide Pereira de S em Seg Dez 14, 2015 6:06 pm

A implantação da BNCC vem padronizar em nível nacional a qualidade do ensino. Levando nossas crianças ter oportunidade para um aprendizado unificado e eficaz.
Penso que a BNCC vem revolucionar nossa educação para um melhor sucesso em provas futuras.
Conhecendo, pensando e repensando a BNCC.

Deise Lúcide Pereira de S

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/12/2015
Idade : 43
Localização : Além Paraíba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marcelle da Silva Marinho

Mensagem por Marcelle da Silva Marinho em Seg Dez 14, 2015 6:16 pm

Bruna Oliveira Cassaro de escreveu:Acredito que o BNCC vem para inovar a concepção de educar na Educação Infantil fazendo com que a forma que as crianças aprendam seja convivendo, brincando, participando, explorando, comunicando e se conhecendo. Para que isso ocorra devem ser criadas experiências de aprendizagem, o que tornará o ensino muito mais prazeroso.

Concordo com você, só assim através das experiências o aprendizado se torna prazeroso e inesquecível para a criança.

Marcelle da Silva Marinho

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

2 topico

Mensagem por Adriana B Esquerdo em Seg Dez 14, 2015 6:18 pm

Ana Célia Pires Ferreira escreveu:
Bruna Oliveira Cassaro de escreveu:Acredito que o BNCC vem para inovar a concepção de educar na Educação Infantil fazendo com que a forma que as crianças aprendam seja convivendo, brincando, participando, explorando, comunicando e se conhecendo. Para que isso ocorra devem ser criadas experiências de aprendizagem, o que tornará o ensino muito mais prazeroso.




Bruna concordo com você que o objetivo da Educação ocorra através de experiências e brincadeiras, aprender e experimentar.Ana Célia

Concordo com vocês o objetivo da educação é criar experiências de aprendizagem através do lúdico.

Adriana B Esquerdo

Mensagens : 3
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

última participação

Mensagem por Adriana B Esquerdo em Seg Dez 14, 2015 6:22 pm

Acho muito importante trabalhar primeiramente o lúdico com as crianças portanto concordo com o objetivo da BNCC.

Adriana B Esquerdo

Mensagens : 3
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conhecendo,pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Jeane Andre Rodrigues em Seg Dez 14, 2015 6:29 pm

BNCC é uma conquista social, sua construção é crucial para encontrarmos um entendimento nacional em torno do que é importante no brasileiro da educação bàsica. Entender seu real significado e participar da sua construção é direito e dever de todos.

Jeane Andre Rodrigues

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conhecendo, pensando e repensando a BNCC

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum